Aplicações da Toxina Botulínica na Odontologia

Aplicações da Toxina Botulínica na Odontologia

A toxina botulínica desde que foi descoberta vem sendo utilizada nas diversas áreas da medicina e mais atualmente na Odontologia.

Sendo assim, o Dentista passou a ter contato com a toxina na área funcional. Dentro desta área podemos aliviar as dores musculares provenientes do Bruxismo (apertar e ranger de dentes), corrigir assimetrias faciais provenientes de uma paralisia facial, de um AVC, espasmos musculares na face nevralgia do nervo trigêmeo.

Podemos também usar a toxina botulínica nos casos de fadiga dos músculos: Masseter, temporal e mentoniano, tornando uma pessoa de braquicéfalo (musculatura potente e rosto encurtado) em um dolicocéfalo (musculatura flácida e rosto alongado), realizando aplicações de toxina botulínica (mais precisamente, Dysport) com uma dose individualizada segundo o peso e padrão facial do paciente.

A Dra. Ana Cristina considera que houve uma revolução em sua especialidade (Ortodontia - aparelhos fixos). “Hoje consigo avançar uma mandíbula em até 6mm ou recuá-la em até 3mm, abrir e fechar a mordida de um paciente só estando com aparelhagem fixa em pelo menos um dos arcos e no fio retangular de aço. Com isto, tiramos vários pacientes de cirurgia ortognática e de extrações dentárias”, comenta a especialista.

Neste sentido a Dra Ana pode oferecer um tratamento diferenciado e individualizado para cada paciente nas áreas da Ortodontia e Ortopedia Facial, DTM e Harmonização Orofuncional.

Atualmente é possível oferecer aos clientes, tecnologia de ponta para todas as áreas de atuação da Dra Ana Cristina, como: laserterapia, placas alinhadoras, mini-implantes, aparelhagem fixa convencional, autoligados (em aço inox e porcelana), placas de bruxismo alemã, Shiatsu para DTM, aplicações de toxina botulínica e ácido hialurônico funcional.

Ver perfil

Matéria Por

Dra. Ana Cristina Maia Oliveira

Odontologia

CRO/SP 48.969 | São José do Rio Preto

Deixar Comentário